KODOISH, KODOISH, KODOISH ADONAI TSEBAYOTH: “Santo, Santo, Santo é o senhor Deus das Hostes”.

Esta é a Saudação Sagrada, o Qedushsha, que é usada por toda a Hierarquia e pelos Filhos e Filhas da Luz para saudar “O Pai” diante de Seu Trono. É também usada para a teofania (manifestação visível da divindade) da Hierarquia, assim como para discernir ordens angélicas através do seu uso como uma Saudação, determinando aqueles que servem ao Pai Eterno e aqueles que são Seus verdadeiros Mensageiros. A expressão como uma fórmula tripla coloca em movimento um selo trinitizado e é a expressão mais alta de trabalho conjunto nos céus e sobre a Terra. É empregada pelos Elohim através do Kaduma Kadmon para conectar com outros sons para a Predição de novos mundos, através dos quais, “cada pronúncia da Expressão Sagrada conduz à semente da qual representa a natureza complexa das energias básicas das forças Vitais”. (Chaves de Enoque: Chave 305) Através do seu poder as formas criativas são conectadas com a Lei Eterna Divina em Santidade e Santificação. Este som cósmico provê oitavas de som adicionais além do alcance normal humano através do qual cada partícula subatômica é ativada pela sua própria vibração singular de cor. No nível pessoal superior, o poder Trinitizado do “Kodoish, Kodoish, Kodoish” pode criar um hiper-vórtex, ou pilar de Divina energia, através da qual Super-espaço e Super-tempo podem ser atravessados por este corpo físico, colocando-nos em ressonância com outros níveis de inteligência divina. Esta fórmula pode também ser usada para evocar Proteção Divina desde que esta Expressão Santa seja uma Ligação entre todas Hierarquias como uma Saudação da Irmandade com um Pai comum. Ela cria pilar de energia protetora que pode ser usado em todas as situações práticas para resolução de problemas, cura e todos os modos de elevação de consciência e, onde quer que precisemos projetar energia para fazer o Trabalho do Reino.
À medida que usamos esta Expressão Sagrada, três vezes para os Poderes Triplos serem ativados, cantamos e visualizamos a trindade (trikaya ou veículo triplo) sobre nosso terceiro olho. Agora somos acompanhados por um coro do Alto quando Seres Íntegros de Luz fazem sua aparição ser conhecida por nós. Ao continuarmos usando esta Saudação, somos saudados pelas Irmandades e Hostes do Ofício de Shekinah, do Cristo, e do Pai Divino.

Oh Pai Divino, que nós possamos por em prática em intenção e extensão o nosso veículo corporal, cantando eternamente diante do Trono com as palavras: Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth. Possa a Hierarquia cantar conosco na Terra assim como é nos céus. Possa a Santidade de nossos Irmãos e Irmãs nos mundos superiores estar conosco em cada bater de coração e em cada forma-pensamento. E oramos para que todas as letras na Linguagem da Luz sejam expressas nesta oração santa e som eterno.